Sexo gostoso com meu melhor amigo

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Contos Eroticos novo site aqui

Oii, me chamo Karina (nome fictício) e vim aqui compartilhar minha história com vocês. Bom, tenho 23 anos, 1,57 e 56kg, sou negra, cabelos cacheados abaixo do ombro, olhos e cabelos castanhos claros. Tenho um corpo bem chamativo e um rosto bonito (pelo menos é o que as pessoas dizem rs) . Peitos durinhos, barriga chapada, pernas grossas e durinhas, bumbum durinho e redondo, devido a prática de musculação, dança e dieta.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Contos Eroticos novo site aqui


Meu amigo se chama Guilherme (nome fictício tbm), Negro, tem uns 2 metros de altura , apesar dele beber bastante tem um corpo todo definido e durinho que é de causar inveja rs, é bonito, onde ele está as mulheres sempre dão mole pra ele e sempre são mulheres bonitas rs.
Bom, vou começar a história rs..

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Contos Eroticos novo site aqui

Conheço Guilherme a um ano e pouco e sempre conversamos sobre tudo sem vergonha, sempre saimos juntos, temos muitos amigos em comum e isso faz com que estejamos sempre juntos em festas, resenhas, baladas e etc. Guilherme é casado e eu namoro.
Eu um domingo eu havia brigado com meu namorado e resolvi ir para casa da minha mãe (eu e ele moravamos juntos) , meu namorado sempre me deixou satisfeita sexualmente e nunca me deu motivos para procurar outro, mas já estavamos brigando a uma semana e sem fazer sexo, e eu quando fico sem sexo começo a subir pelas paredes. Então passei o dia na casa da minha mãe e então queria curtir uma coisa pra esquecer os problemas um pouco chamei uma amiga para irmos a um pagode, até ai tudo bem, se arrumamos e fomos, chegamos lá por volta de 20h e compramos cerveja e começamos a beber e dançar e a hora foi passando, resolvemos ir lanchar e depois ir embora, lanchamos e na hora que estavamos indo embora Guilherme estava chegando e bateu de frente com a gente e pediu pra gente ficar mais um pouco que depois ele nos daria uma carona, voltamos para o pagode e continuamos bebendo. Quando foi por volta de 03h e pouca da manhã decidimos ir embora, entramos no carro e fomos. Guilherme deixou minha amiga na casa dela e insistiu para me levar em casa (na casa da minha mãe) e eu dizendo que não precisava que eu pegaria um uber e iria, ele disse que não iria deixar eu pegar um uber aquela hora sozinha e acabou me convencendo. Viemos conversando até o meu destino, quando chegou no portão do condominio da minha mãe eu agradeci a ele e fui abrir a porta só que estava trancada e ele não quis abrir, a algum tempo já estava achando guilherme com maldade em mim, devido as piadas que ele fazia, mensagens que ele mandava, perguntas e tals (a rua q minha mãe mora é deserta e só tem dois condomínios o dela e um outro que ainda está em obra). Com a porta do carro trancada e eu pedindo a guilherme para abrir e ele rindo e eu já nervosa mas com tesão, foi então que guilherme me agarrou e me beijou. E eu continuei beijando (depois de umas cervejas fico tarada) , até que o beijo dele era bom mas a essa altura do campeonato eu já estava pensando em outras coisas além de beijo, guilherme começou a passar a mão pelo meu corpo, parou de me beijar e começou a chupar e dar mordidas em meus seios e eu gemia gostoso no ouvido dele pedindo mais, já estava muito molhadaa, ele introduziu dois dedos dentro da minha xaninha e fazia movimentos de vai e vem e eu gemia gostoso no seu ouvido, falando pra não parar, pra ele me fuder de verdade, até que ele tirou meu short deitou o banco que eu estava e começou a me chupar (que lingua maravilhosa, gozei na boca dele) eu já estava tremulá, suada e sem forças, já havia gozado várias vezes e ele ainda nem tinha colocado o cassete em mim. Então resolvi retribuir comecei a passar a mão por cima da bermuda de guilherme, abri a bermuda e seu pau que já estava duro que nem pedra quase rasgando a bermuda saltou, um pau negro, grosso e com uns 18 cm, eu na hora caí de boca naquele pau gostoso, abocanhei tudo e deixava ele molhadinho, eu estava de quatro chupando ele e ele com os dedos dentro da minha vagina, e me chingando baixinho no meu ouvido e aquilo me excitava mais ainda, até que sentei naquele pau duro igual pedra e todo molhado, sentei, rebolei, gozei e sempre falando e gemendo no ouvido dele, até que gozei no pau dele gostoso, deixando ele todo melado, ele me botou de 4 e meteu em mim com força que eu até esqueci que estavamos dentro do carro e parados na rua, eu gemia alto, e gozava horrores e ele me chamava de puta, safada, cachorra e pedia pra mim gozar mais, guilherme estocava forte seu pau dentro de mim e eu adorava, aquele pau grande e grosso estava fazendo eu me sentir preenchida depois de uma semana sem sexo, comecei a rebolar e ele disse que iria gozar então comecei a abaconhar novamente aquele pau e punheta lo até que ele gozou aquele leitinho quentinho e gostoso todo em minha boca e eu como boa menina engoli tudo e lambi o seu pau todo até ficar limpinho e sem nenhuma gota de gozo. Depois ficamos dentro do carro por mais uns 15 minutos se recuperando, os vidros embaçados de tanto calor que estavamos, estavamos muitos suados, até que guilherme me beijou, eu sai do carro e fui pra casa e ele foi embora.
Depois tivemos outras aventuras, em breve volto pra contar pra vocês! Bjss

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Atenção!

O site rabiscosecontoseroticos.xyz foi descontinuado, apartir de hoje todos os contos será inseridos num novo domínio.

Novo domínio é contoseroticosvip.com 

Se quer continua a ler os nossos contos que diariamente sai um conto novo aceda então ao novo site/domínio.

Administração Contos Eróticos