Adoro um velhinho

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Contos Eroticos novo site aqui

Descobri que prefiro transar com homens mais velhos quando percebi que eles fazem tudo do jeito que eu quero e gosto e que adoram peitões… confesso que os meus são enormes e sei que são beeem gostosos. Só em imaginar um vovozinho mamando neles já molho a calcinha.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Contos Eroticos novo site aqui

Vou muito ao litoral e fico sempre à vontade e apesar de eu ser gordinha, uso fio dental e mesmo não estando na praia, estou sempre de shorts e a parte de cima do biquíni ou top.

Por exemplo: preciso ir ao mercado…  vou sempre com tempo suficiente para encontrar um vozinho pelo caminho… quando avisto… ah… já dou um jeito de deixar o bico pra fora do biquíni, assim, como quem não quer nada, como quem não percebeu. Adoro como olham.

No prédio ao lado do qual eu ficava, tinha a sacada de um dos apartamentos que dava bem na janela da sala do meu apartamento. Lá morava um senhor que deve ter enjoado de me ver pelada. Ele ía fumar na sacada e quando eu percebia, já deitava pelada no sofá com as pernas bem abertas, até varrer a casa pelada eu varria… adorava… no início ele ficava sem jeito… depois até um sorrizinho dava. Mas não passava disso.

Certa vez, quando ainda não havia internet no celular, já tinha anoitecido e eu estava indo à Lan House que não ficava muito distante. Mal saí e começou a chover. Eu, sem sombrinha, parei debaixo da cobertura de uma loja para me proteger já que a chuva estava forte. Passados alguns minutos, um senhorzinho, com guarda-chuva, parou e disse:

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Contos Eroticos novo site aqui

– Que chuva forte, não! Melhor esperar. (adorei isso)… pensei… “Huuum… é esse mesmo!

Deu uma leve estiadinha e ele disse que ia continuar o caminho… pedi “carona” no guarda-chuva, já que estava indo para o mesmo lado.

Ele, apesar de achar estranho e ficar preocupado se meu marido não ficaria bravo, aceitou dar carona! Disse a ele que não tinha marido e fomos caminhando e conversando amenidades.

Quando viramos uma esquina que eu sabia que não passaria ninguém, disse:

– Posso perguntar uma coisa? Vc responde com sinceridade?

Ele respondeu que sim e eu mais que depressa levantei o top deixando meus peitões à mostra e perguntei:

– O que vc me diz? São bonitos?

Ele, bem desconsertado, respondeu quase gaguejando que eram lindos e eu peguei a mãe dele  e coloquei-a sobre meu bico durinho já… disse pra ele chupar… que delícia.

Para minha sorte, apagou a luz do poste e a rua ficou bem escura… garoava… ele soltou o guarda-chuva e quase engoliu minhas tetas… enfiei a mão dele dentro do meu shorts (eu estava sem calcinha)… Nossa… ele até gemeu, socou minha buceta melada com os dedos. Ficamos nos amassos por um tempo, parou de chover, voltou a luz e fomos embora… voltei para casa e nunca mais o encontrei.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Atenção!

O site rabiscosecontoseroticos.xyz foi descontinuado, apartir de hoje todos os contos será inseridos num novo domínio.

Novo domínio é contoseroticosvip.com 

Se quer continua a ler os nossos contos que diariamente sai um conto novo aceda então ao novo site/domínio.

Administração Contos Eróticos