A namoradinha de outra cidade (Parte 1)

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Contos Eroticos novo site aqui

Primeiramente olá a todos, hoje vou contar uma história que aconteceu há dois anos atrás.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Contos Eroticos novo site aqui

A empresa onde eu trabalhava tinha fechado um projeto com um banco em uma cidade no nordeste do país a qual prefiro não citar o nome, e uma equipe de seis pessoas foi selecionada para passar alguns meses nessa cidade e eu como todos já devem ter percebido fui um deles e é ai que começa a história.
Tinha acabado de me mudar para a nova cidade, tudo novo pra mim, morando em um hotel bancado pela empresa e passando a maior parte do tempo trabalhando.

Tinha todas as noites da semana livres e foi ai que para não me acomodar decidi fazer musculação em uma academia que tinha bem perto do hotel onde eu estava instalado e logo algo chamou minha atenção, uma morena de pele clara, de camisetinha branca, essas calças de ginástica, com belos cabelos lisos, um sorriso encantador, olhos meio que puxados, seios bem pequenos, mas em compensação com coxas bem grossas e uma bundinha que nem se comenta perfeitamente redondinha e visualmente durinha, já sabia que era ali que eu queria ficar.

Logo no segundo dia após meu início na academia já puxei conversa com a garota, seu nome era Marcela, 20 anos e estava estagiando no lugar há pouco tempo, era uma criatura não só fisicamente bela, mas profundamente cativante e esse tipo de mulher não costumo deixar passar em branco e logo comecei minhas investidas sobre ela.
Papo vai papo vem conheci mais sobre ela e com o passar dos dias fui descobrindo seus sonhos, ambições e me adaptava a eles para parecer que tínhamos muito em comum, a sincronia entre a gente foi crescendo e logo a convidei para uma baladinha da cidade e ela aceitou logo de cara pra minha surpresa.

Combinamos numa noite de sexta em uma boate, ela veio linda, com seu cabelo solto, devidamente maquiada e com um vestido cinza pouco decotado e que cobria boa parte das coxas, bem recatada o que só me deixou com mais tesão e pressa para tê-la em meus braços naquela noite.
Bebemos e conversamos muito, ela me disse que não se envolvia em relacionamentos sérios desde os 16 anos e esse tipo de coisa então soltei:

-Talvez o destino tenha me mandado pra cá para resolver esse problema.
Ela riu, levantou e me levou até a pista.
-Adoro dançar sabe?

– RSS, eu já não sou muito bom nisso, mas por você eu faço esse sacrifício.
Ela se soltou mais na pista, dançou muito e por alguns momentos me olhando de forma bem sensual, me seduzindo cada vez mais com seu olhar e eu já não estava mais aguentando, carinhosamente deixei meu corpo mais perto do dela e me aproximei para o que foi o nosso primeiro beijo, um beijo normal de balada, mas deu para sentir bem o sabor dos seus lábios e saber que eu já estava hipnotizado por eles.

A levei para um canto mais vazio e tentei começar um amasso e apesar de algumas vezes minhas mãos deslizarem pelas suas coxas ela limitava muito meus movimentos.

-Calma, tenta pegar leve no nosso primeiro encontro tá?
-Desculpe, realmente não resisti.
-Vocês homens querem tudo fácil, mas se ferram comigo, se tiver pensando que vai rolar sexo assim comigo pode tirar seu cavalinho da chuva.

Essas frases me brocharam, mas continuei beijando durante a noite e investindo em algo mais, porém no fim da noite não consegui arrastá-la para o meu apartamento e a levei pra casa.

-Adorei a noite, mas hoje é melhor eu ficar por aqui, vamos começar devagar tá legal?
-Claro, o tempo que você precisar.
-Saímos novamente quando então?
-Fim de semana próximo?
-Fechado.

Nos despedimos com um beijo e assim se seguiu algumas saídas que cominaram em um namoro.
Já estava há um mês na cidade, agora namorando a Marcela, às vezes nos beijávamos escondidos no serviço dela, ela frequentava meu apartamento e eu a casa dela, mas o sexo que é bom nada. Fui bem sincero em dizer que só passaria alguns meses na cidade, porém ela evitava falar sobre isso e dizia querer aproveitar cada vez mais os momentos juntos e depois de um mês com ela minha sorte finalmente começou a mudar.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Contos Eroticos novo site aqui

Marcamos uma baladinha, eu ela e alguns amigos e por coincidência no mesmo lugar onde foi nosso primeiro encontro, a confraternização de sempre, bebemos falamos e dançamos.
Ela tinha feito escova no cabelo, dessa vez estava com um vestido preto um pouco mais curto que o normal e estava dançando mais sexy que nunca e tinha bebido um pouquinho além da conta, colocou as mãos ao redor do meu pescoço durante a dança e me deu um beijo bem ardente dessa vez, sua língua se movia de forma selvagem e nada discreta, e estava bem mais molhado que o normal, a agarrei pela cintura com firmeza e correspondi o beijo a altura, com muito tesão.

Subimos pro camarote onde já havia vários casais, nos sentamos em um dos sofás e continuamos nosso beijo intensamente, ela ficou por cima de mim e eu com um pouco de receio comecei a apalpar seu corpo me entregando completamente àquelas carícias safadas.
Ela mordiscava meus lábios durante o beijo e apertava com firmeza minha nuca, eu estava com uma mão pousada na bundinha dela e a outra acariciando seus cabelos.

-Tô adorando sua atitude de hoje.
-Aproveita que não é todo dia gato.

A virei no sofá dessa vez ficando por cima acomodei ela bem e comecei a mordiscar seu pescoço enquanto minha mão passeava entre suas coxas subindo cada vez mais.

-Paulistinha safadinho você hein. Ela disse sorrindo.

Fui subindo a mão até encontrar sua calcinha, entrei com meus dedos por debaixo dela e já pude sentir meus dedos roçarem nos seus pelinhos, senti o corpo dela ter um pequeno espasmo e logo aloquei meu dedo do meio dentro da cetinha dela.
-Hmmmm delícia, ela sussurrou após soltar um pequeno gemido.

Acomodei meu dedo indicador sobre a bucetinha dela também e fui roçando num ritmo bem gostoso, ela gemia beem baixinho e seu corpo aquecia enquanto eu mexia, ela me beijava , deixei o dedo do meio dentro da cetinha e fui com o polegar no seu grelinho, fazendo movimentos circulares enquanto nossas línguas molhadas se cruzavam sem pudor nenhum, duvido que algum dos casais ali estivesse curtindo tanto quanto a gente, ela estava suando muito quando segurou minha mão e disse:

-Aqui não, por favor.

Fiz que sim com a cabeça e logo fomos para o meu apartamento.
Chegando lá já a agarrei por trás e ela me beijou, se virou segurou minha mão e fomos até o sofá, ela disse que estava feliz de estar comigo e para eu ir devagar e que estava confiando em mim.

– Você Pode começar terminado o serviço?

Sentei ela no sofá e fiquei por cima, comecei lambendo sua orelhinha e fui descendo para o pescoço, enquanto ela abria os botões da minha camisa e alisava meu corpo com as mãos, me arranhando e beijando meu tórax, eu alisava seus cabelos e me inclinava pra morder seu pescocinho.
Lambi, beijei e mordisquei muito seu pescoço, a deitei no sofá e me ajoelhei na sua frente, coloquei uma mão em cada perna, fui alisando e subindo enquanto beijava e mordia com dedicação suas coxas, minhas mãos as alcançaram e dei umas apertadas bem gostosas nelas, minhas mãos prosseguiram vestido adentro até encontrar a sua calcinha, fui puxando ela devagar olhando fixamente nos olhas da Marcela, ela mexeu as pernas de forma a me ajudar a tirar sua calcinha preta de renda a qual eu joguei longe, ela levantou um pouco mais seu vestido e eu logo tratei de segurar com força sua bunda e começar a beijar sua cetinha.

Continua noutra dia nao perca o próximo episódio esta historia.

Quer nos envia a sua? faça por aqui: http://rabiscosecontoseroticos.xyz/envie-a-sua-historia-ou-conto-erotico/

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Atenção!

O site rabiscosecontoseroticos.xyz foi descontinuado, apartir de hoje todos os contos será inseridos num novo domínio.

Novo domínio é contoseroticosvip.com 

Se quer continua a ler os nossos contos que diariamente sai um conto novo aceda então ao novo site/domínio.

Administração Contos Eróticos