Queria ser corna e foi ótimo

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Contos Eroticos novo site aqui

Esse é meu primeiro conto. Sou novata e o que vou descrever já aconteceu faz um tempinho, em 2015 pra ser mais exata. Nunca contei pra ninguém é algo meu e do meu (hoje) marido e mais algumas pessoas que foram necessárias pro ocorrido mas nunca dividi isso com ninguém. O que vou relatar vai ser a primeira experiência já que realizei outras mas a primeira claro foi a mais marcante.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Contos Eroticos novo site aqui

Adianto também que já que é a primeira vez que escrevo li alguns contos pra tentar me expressar melhor. Como foi algo incrível resolvi tomar coragem e dividir com outras pessoas. Sem mais delongas me chamo Liz e meu marido, na época que aconteceu era meu noivo se chama Lucas. Bom, os nomes não são verdadeiros. Na época que aconteceu, em 2015 ele tinha 24 e eu 25 anos. Sempre fui  tímida na cama. Não era ingênua, mas não era tão safadinha e já Lucas era o oposto. Ele sempre foi mulherengo. Isso me deixava insegura pois sempre tinha muitas grotas dando em cima dele mesmo quando namorávamos. Eu tentava não bancar a ciumenta e ele sempre se provou confiável.

Sinceramente me acho bonita, malho, mas eu não era a única assim e tinha muita menina linda dando em cima dele e eu tinha certo receio com a concorrência. Lucas é muito bonito e como eu falei era bem mulherengo e eu tentava não demonstrar ciúmes. Então pensei: que tal apimentar a relação, dar a ele um sexo gostoso, surpreender fazendo assim ele jamais pensar em outras e aproveitar que eu não era tão safadinha assim e percebia que ele queria que nosso sexo fosse mais quente.

Não que isso fosse. resolver, fazer ele não olhar pra outras mas já queria dar uma apimentada mesmo. Então comecei a me soltar mais na cama, chupar com mais vontade, gemer gostoso o deixar gozar onde quiser (ele adora gozar nos seios ou rosto) rebolava gostoso  e olhava com carinha de safada pra ele, comprei também umas lingeries novas em um sex shop…enfim fui me soltando  cada vez mais e gostando e a cada vez eu já estava mais safada e o sexo mais quente a ponto de começarmos a falar bastante besteiras durante nossas transas. Certa vez acabamos de transar e ficamos ali falando bobeira até recuperar e partir pro segundo tempo.

Em conversa eu falava sobre meu passado que sempre fui mais acanhada e que agora estava mais a vontade e que estava ótimo assim e perguntei se ele sempre transava assim. Lucas ficou meio sem graça mas disse pra ele ficar tranquilo queria saber um pouco mais. Bom ele foi dizendo sobre alguns casos de sexo casual que ele teve acho que não quis falar sobre ex-namoradas só de ficantes . Eu ia pedindo detalhes e ele ia descrevendo. Lembro-me de ter dito conta bastante tudo nos mínimos detalhes vamos guardar isso pra que sirva de incentivo pro segundo tempo então respiram descanse conte tudo que já to ficando com vontade rsrs.

Ele percebeu minha excitação e interesse na conversa. Um dos casos ocorreu no Carnaval de 2013 onde ele disse que ficou com uma loira gata cabelos comprido e começaram nos beijos e foi esquentando e não como avançar mais em público e foram pra um lugar mais afastado no carro. Lucas falou que ela chupava ele no banco de trás do carro e logo já estava  montada nele e isso que mal se conheciam. Diz que foi ótimo aquela loira cavalgando nele e comeu ela por trás mesmo desconfortável já que era no carro.

Lucas ama fazer de quatro. Ela o chupou mais um pouco e ele gozou gostoso na boquinha dela. Agora imagina a gente tinha transado, eu já estava com aquele gostinho de quero mais e ele me contando isso bem detalhado. Já não me aguentava mais e comecei a chapa-lo e pedi pra ele ir contando mais. Nossa que transa ele me pegava forte de quatro assim como eu estava muito excitada gemendo pedindo pra ele meter forte eu percebia o quanto ele estava excitado também. Em um momento, ele me pegando de quatro me puxou pelo cabelo e me deu um beijo e diminuiu a velocidade por um instante e me pergunto: quem vc  queria me ver comendo, a loira do Carnaval ou a morena da academia que ta dando em cima de mim? No calor do momento eu falei: se eu responder vc continua a bombar forte e virei o rosto e passei a língua na boca dele que respondeu que sim.

Falei que queria ver ele comendo a loira já que mal conhecia ela e nunca mais teria contato com ela. Então ele pediu pra eu ficar imaginando e gozar gostoso. Eu não esperava por isso não planejei nem tinha essa fantasia foi algo de momento mas foi bom demais ficar imaginando meu homem com outra e sentindo ele socar gostoso. Lembro-me de ficar ali de quatro de olhos fechados com ele me comendo e só senti  ele tirando o pau e sentindo os jatos de porra quentinha nas minhas costas. Nossa que noite.

No outro dia fiquei pensando sobre aquilo e como me excitava.  Foi ai que as coisas começaram a mudar pois a partir disso quase todas as nossas transas eram assim eu pedindo pra ele contar alguma aventura dele acho que algumas ele até inventava rsrs mas eu imaginava e era bom demais. Então começou a tomar proporções maiores e sempre conversava durante o sexo sobre o assunto acho que ficava mais desinibida e perguntei pra ele quando que isso ia sair só da imaginação e de fato acontecer. Lucas falou que se eu queria era pra eu cuidar disso e foi o que fiz. No outro dia eu pensava: estou ficando louca como assim querer  ver  meu noivo com outra mas a excitação era tanta falava mais alto e eu estava decidida e até vi casos parecidos entre casais de um querer ver o parceiro com outra pessoa.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Contos Eroticos novo site aqui

Enfim estava decidida mas não sabia como fazer. Não queria chegar em uma garota qualquer e falar: “ei, quer transar com meu noivo na minha frente?”. Depois de muito pensar e conversar com Lucas chegamos a conclusão que no início, seria melhor ele procurar alguma garota sem mencionar  esse minha fantasia pra não assusta-la além do meu constrangimento com isso. Se eles transassem seria em casa e eu daria um jeito de espiar. Antes disso Lucas perguntou se era isso que eu queria e tivemos uma longa conversa e eu falei que sim que queria muito ver ele com outra e depois ficar a sós com ele. Tudo decidido e claro que não foi assim da noite pro dia mas aconteceu e quando aconteceu foi ótimo. Lucas pegou contratinho de uma garota que ele conheceu e foi dando ideia nela. O interessante é que ela morava bem longe e sabia que ele era comprometido então era algo casual, escondido mesmo.

Passou pouco tempo e ele marcou com ela em casa pois era um dia que eu estaria “viajando” mas é claro fiquei em casa. Lucas já sabia que deveria levar ela pro quarto mas deixar a porta aberta.  Eu fiquei quietinha no outro quarto esperando eles chegarem. Era fácil eu de fora, com cautela espiar eles e era difícil eles me perceberem. Quando ouvi  eles chegarem meu deu uma sensação diferente. Medo, ciúmes, vontade de voltar atrás e acabar com isso misturado com vontade de ver os dois, Estavam trêmula. Eles entraram no quarto (Lucas já sabia que eu estava esperando pra espiar) e dei um tempo antes de ir olhar. Quando fui estava com medo do que viria. Quando olhei ela estava de joelhos fazendo boquete. Deu um nó na garganta e o tesão começou a falar mais alto espantando essa sensação que eu estava. Ela chupava devagar e ia passando a língua. Não via muito bem mas o suficiente pra me satisfazer.

Quando ela levantou  eu sai pra ela não me ver. Dei um tempo e escutei  ela gemendo. Eles começaram. Fui devagar olhando e ela estava de costas cavalgando. Nessa hora pude me atirar mais. Ela era gostosa, morena clara de cabelos até altura do ombro e de altura média. Tinha marquinha também. Como era bom presenciar aquilo me sentia como se assistisse gravação de um filme pornô. Quando ele a puxou pelo pescoço e começou a beijar me deu um misto de raiva e excitação sensação que nunca senti. Ver aquela bunda perfeitinha de marquinha e ver o pau do meu noivo entrar e sair nossa estava até meio sem fôlego. Sabia que Lucas iria pegar ela por trás e dito e feito. Por sorte, eles  estava de costas pra mim. Ouvia o estalo das socadas e ela gemendo.

Sério eu pensava: biscate vai pra cama com cara comprometido agora aguenta e torcia pro Lucas socar forte e ela gemer de prazer. Depois de socar gostoso ele deitou  ela e foi por cima e diminuiu a frequência e beijava e metia mais devagar. Tudo que eu mais desejava era chegar ali e sentar do lado deles e beijar meu noivo olhando eles bem gostoso. Claro não podia fazer isso pois ela não imaginava que eu estava ali. Por fim Lucas tirou a camisinha e deu uma bela gozada na barriguinha dela que infelizmente não deu pra eu ver já que ele estava na frente. Exaustos, ele se deitou e só o ouvi dizendo pra ela ir tomar banho quando quisesse mas ele não ia pra vigiar a porta caso a alguém tocasse a campainha. Não me aguentei e voltei pro outro quarto fechei a porta silenciosamente, tranquei e já fui tirando a roupa deitei na cama e toquei uma estava louca de tesão a imagem deles juntos não saia da minha cabeça. Estava tão eufórica e excitada que 10 minutos parece que foram 10 segundos. Ouvi o Lucas bater na porta e falando que ela já tinha ido embora. Falei pra ele me esperar na cama e já sai do quarto. Quando vi ele sozinho ali pelado quase me joguei em cima dele.

Não teve diálogo. Ele estava suado com cheiro dela eu não sabia se beijava ou se passava a língua pelo corpo dele inteiro. Chupei  gostoso passando a mão nele me esfregando  e ele ainda estava se recuperando mas o tesão ali mal deixava a gente raciocinar. Puxei  ele e falei agora pega sua mulher por trás safado. Nossa ele me comia por trás tão gostoso como sempre e me beijava por trás. Safado não presta estava fazendo sua mulher de corna, disse pra ele. Vc  gostou né de ser corninha. Respondi que amei e que teria mais e pra ele continuar comendo sua corninha, frase essa que se repete até hoje rsrs. Terminamos com uma gozada na boca e eu ainda fechava os olhos chupando aquele pau gozado imaginando ele comendo outra.

Depois como combinado ele conversou com ela pelo zap e já tinha deixado claro que não poderiam se ver até pq ele estava noivo e ela sabia disso. Excluiu o contato dela e não avimos nunca mais pelo menos não até agora. Isso foi em 2015 e de lá pra cá já repetimos várias vezes inclusive agora comigo na cama me tocando e assistindo de perto. Temos nossas regras, não há envolvimento com a mesma garota só teve uma exceção. Claro sempre usar camisinha e já aconteceu outras vezes como eu disse mas não é com tanta frequência assim também. Hoje já somos mais atirados já fazemos com mais naturalidade. Mesmo quando não têm outra garota, é só eu e ele, amo ele me chamar de corna enquanto me come e ficar imaginando. Quem sabe outra hora eu acabe contando outra aventura nossa mais essa foi a primeira e mais marcante.

Conto enviado por:  Liz (Obrigado)

Gostou do conto? deixe-nos saber com um comentário.
Quer entrar no nosso grupo Whatsapp? Veja aqui como o fazer: Clique aqui.
E se quiser nos enviar o seu conto faça por aqui: Enviar Conto.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

3 comments

  1. Muito boa história, parabéns.

  2. Delucai de conto

  3. Delucai de conto amei

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Atenção!

O site rabiscosecontoseroticos.xyz foi descontinuado, apartir de hoje todos os contos será inseridos num novo domínio.

Novo domínio é contoseroticosvip.com 

Se quer continua a ler os nossos contos que diariamente sai um conto novo aceda então ao novo site/domínio.

Administração Contos Eróticos